(12) 3308-2747 | (12) 3322-0738 | (12) 97404-9099 - WhatsApp | (12) 99118-9970 [email protected]
Artigos

O transporte rodoviário é responsável por mais de 60% do deslocamento de cargas pelo país. A malha rodoviária duplicada brasileira é a maior da América Latina, com cerca de 14 mil quilômetros (dados de 2020). O setor tem sido atrativo, principalmente, pela facilidade nos procedimentos de carga e descarga dos produtos.

A extensa malha rodoviária atende praticamente todas as cidades do país, o que facilita a contratação dos serviços de transporte, bem como flexibiliza as rotas, gerando uma infraestrutura atrativa.

Quem busca esse tipo de transporte para suas cargas, quer agilidade, segurança e preços justos. Se a carga é especial, a atenção aos cuidados é maior ainda. Afinal, a legislação regulamenta o transporte por tamanho e peso de carga.

As cargas especiais, também chamadas de “heavy lift”, correspondem ao transporte de cargas com peso e tamanho que fogem ao padrão. Elas são regulamentadas pela resolução de 2005, que determina que os caminhões tenham largura de até 4,5 metros, altura de 5,5 metros e comprimento de 25 metros.

O peso bruto total máximo para cargas especiais varia de acordo com a estrada. Nas rodovias estaduais o máximo é de 45 toneladas e nas federais de até 70 toneladas.

Como fazer o transporte de cargas especiais?

Quem transporta cargas especiais deve realizar estudos de viabilidade, com rigorosa avaliação de tudo que envolve a operação, desde as condições das estradas, trajeto, curvas, inclinação, tipo de solo etc.

Todo o trajeto é minuciosamente avaliado, fazendo uma previsão de potenciais desafios enfrentados para o transporte das cargas, visando sempre soluções para potenciais dificuldades.

A carga especial e o veículo devem atender às exigências legais de peso e tamanho, por isso tudo é dimensionado.

Além disso, a carga deve passar tranquilamente por todos os trechos. Para tanto, conta-se com o apoio da Polícia Rodoviária Federal, das Concessionárias e dos batedores.

O objetivo é que tudo aconteça com uma programação pré-definida, visando sempre a entrega eficiente da carga.

Anote aí o passo a passo para o transporte de uma carga especial com total segurança:

  • Realizar estudos de viabilidade.
  • Roteirizar o percurso.
  • Dimensionar a carga e o veículo, de acordo com a legislação vigente.
  • Contatar a Polícia Rodoviária e Concessionárias.
  • Contratar batedores.
  • Se necessário, fechar trechos de pistas ou passagens em canteiros ou acostamentos.

Quem contratar para transportar uma carga especial?

O transporte de cargas especiais é um processo que exige muita atenção e qualidade técnica. Para isso, existem empresas especializadas neste tipo de ação. Se você precisa transportar uma carga especial pelo sistema rodoviário, busque qualidade. Fale com uma empresa que entende do assunto.

O Grupo WR Locações oferece o transporte de cargas especiais e a locação de equipamentos com mão de obra especializada.

A WR trabalha com movimentação de cargas especiais seguindo todas as normas recomendadas, bem como atua com os melhores e mais modernos equipamentos.

Os equipamentos do grupo WR passam por manutenção periódica, para realizar as operações com a máxima excelência. Os colaboradores são treinados para planejar e executar o serviço em total segurança.

Entre em contato conosco e faça um orçamento.